31.1.05

Ouçam a soma dos sons que soam

Falar sobre música é difícil. Há sempre o perigo de as palavras tomarem uma liberdade indesejada. Que se tornem independentes da música. Que o discurso se torne outra obra. Susan Sontag fala da violação da arte, a propósito da interpretação.

Daí a tentação de falar só de aspectos quantificáveis. Não há que enganar. Aparentemente.

1, 2, 3, 5, 8, ...

Às vezes até nos esquecemos do que é realmente importante.
Ouçam. Diz o Jorge Peixinho.

LP