2.3.05

O Ouvinte Ideal - I

Há uma geração de compositores que escreveram e escrevem música tendo em conta o ouvinte ideal. Este é aquele que tudo entende – o que é explícito ou implícito, o ouvido e o subentendido; é aquele que possui uma memória tal, capaz de abarcar tudo o que já foi escrito até hoje, desde a primeira nota da história da música até hoje e até às últimas consequências; é o que compara cada momento do acontecer com toda A História da Música. Esta é talvez a mais importante diferença que separa a minha geração da geração da vanguarda.
LP

2 Comments:

Blogger peão contemporâneo said...

e que diferença é essa? claramente falando...
o que é que se tem em conta na sua geração?
e que geração é essa, afinal?

02 março, 2005 22:18  
Blogger peão contemporâneo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

02 março, 2005 22:20  

Enviar um comentário

<< Home